quinta-feira, 17 de março de 2011

Viva a Biblioteca de Santa Teresa!

Queridos amigos,
   Ontem, por e-mail, a  Sra. Leda Fonseca, da Secretaria de Cultura do Rio de Janeiro, disse que a  informação do fechamento da Biblioteca Popular de Santa Teresa era um mal entendido, que mandaria hoje uma pessoa da Secretaria de Cultura para a biblioteca a fim de esclarecer a situação.
    Acabei de chegar da biblioteca. A Sra. Josefa Antônia Padrão Coutinho, gerente das Bibliotecas Populares da Secretaria de Cultura do Município do Rio de Janeiro, esclareceu que o 2º artigo do Decreto Municipal 33444, do dia 28 de fevereiro de 2011, que diz “A Biblioteca Popular Municipal de Santa Teresa passa a denominar-se, Biblioteca Escolar Municipal do Dique – José Lins do Rego”, é para ser interpretado como a transferência de cargo da Diretora da Biblioteca Popular de Santa Teresa para a Biblioteca Escolar Municipal do Dique, que fica no Jardim América.
    Esclareceu ainda que a Biblioteca de Santa Teresa continua integrando o quadro da Secretaria de Cultura. Ela vai entrar em reformas, e durante as obras o acervo vai ser transferido para o Centro Cultural Laurinda Santos Lobo, que fica ao lado, e os serviços não irão ser interrompidos, inclusive as aulas de inglês. Houve uma falha na comunicação dada aos funcionários, mal entendidos, mas que em nenhum momento foi dada a ordem para eles recolherem o acervo.
   Essas são as notícias oficias que recebi pessoalmente de uma represente legal da Secretaria de Cultura e transmito a vocês.
  A comunicação humana não é feita só de palavras explícitas, é também feita através dos olhares, palavras não ditas ou soltas no ar, gestos e entonações. Não sei o que fez o Sr. Eduardo Paes assinar um decreto tão mal redigido, e  gerar tantos “maus entendidos”, mas meu sentimento me diz que nossa biblioteca esteve na beira do abismo, e temos que vigiar para que ela se afaste bem dele.
  Agradeço a Sra Leda Fonseca e a Sra. Josefa Antônia Padrão Coutinho pela gentileza e presteza com que trataram o caso, a Leonor Werneck por ter feito o contato e a todos os moradores e amigos de Santa Teresa e dos livros por terem se manifestado diante da ameaça de extinção da Biblioteca de Santa Teresa.
    Abraços,
    Paloma
PS: Dúvidas respondidas, que assim seja. Vida longa para a Biblioteca de Santa Teresa!

3 comentários:

Paulo Tamburro disse...

OLÁ LUCIANA,

SOU SEU MAIS NOVO SEGUIDOR.

TEMOS ALGUMAS COISAS EM COMUM, POIS, ENTRE OUTRAS FORMAÇÕES SOU TAMBÉM SOCIÓLOGO E SOMOS CARIOCAS.

REALMENTE, VIDA LONGA PARA A BIBLIOTECA DE SANTA TERESA E JÁ QUE ESTAMOS FALANDO EM LEITURA E COMO VOCÊ GOSTA DA INFANTIL, ACABO DE ESCREVER UMA CRÔNICA QUE É UMA GRANDE BRINCDEIRA.

POR ESTA RAZÃO, ESTOU LHE CONVIDANDO PARA QUE CONHEÇA MEU BLOG DE HUMOR:

"HUMOR EM TEXTO".

A CRÔNICA DESTA SEMANA É :

“COM ESSA EU CASO!”

É ENQUADRA-SE , MUITO NAS SUAS PREFERENCIAS LITERÁRIAS.

É SÓ CONFERIR (RS).

O BLOG É DE HUMOR ...E DE GRAÇA!

VENHA CONFERIR E COMENTAR!

UM ABRAÇÃO CARIOCA.

Luciana Conti disse...

Vou passar por lá. Até!

Cristina Sá disse...

Olá! LUCIANA,
Salvar uma biblioteca é gratificante.

Sou sua mais nova seguidora.
Adorei seu blog e estarei sempre por aqui.Quero, com muita calma,
ler todas as postagens antigas.
Você já viu, que vou te seguir de
verdade.rsrsrs
um bj
Sou Cristina Sá do blog:
http://cristinasaliteraturainfantil
ejuvenil.blogspot.com